Banco de Cabo Verde anuncia que poupança dos cabo-verdianos cresceu na ordem dos 30% desde a pandemia

29 de julho de 2022

A+ A-

Os depósitos de poupança dos cabo-verdianos nos bancos aumentaram 30% desde o início da pandemia de Covid-19, atingindo em abril os 8.629 milhões de escudos , de acordo com dados do Banco de Cabo Verde.

Segundo dados compilados a partir de um relatório estatístico do BCV, os depósitos de poupança nos bancos cabo-verdianos estavam avaliados no final de 2019 em 6.675 milhões de escudos, antes dos efeitos económicos da pandemia de Covid-19, valor que subiu para mais de 7.435 milhões escudos em 2020 e aumentou para o valor histórico de 8.279 milhões de escudos no final de 2021.

Entretanto, segundo o BCV, esses depósitos de poupança atingiram em abril último os 8.629 milhões de escudos , ainda assim uma ligeira descida face ao mês anterior.

Em Cabo Verde operam oito bancos comerciais com licença para trabalhar com clientes residentes. 

Os depósitos a prazo nos bancos, apesar de também terem recuado ligeiramente face a março, atingiram os 45.927 milhões de escudos em abril, o que compara com os 41.306 milhões de escudos no final de 2019, antes dos efeitos da pandemia de Covid-19.
 

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios