Câmara Municipal de Santa Catarina quer fomentar o turismo histórico-cultural e de natureza

17 de janeiro de 2022

A+ A-

A Câmara Municipal de Santa Catarina quer fomentar o turismo histórico-cultural e de natureza e, por isso mesmo, pretende criar um centro interpretativo sobre as três revoltas de camponeses, a primeira dos Engenhos em maio de 1822. Para já e, no imediato, o executivo camarário já tem ao dispor o Plano de Ordenamento Turístico de Rincão.  Agora, entra na agenda uma aposta mais determinada na melhoria do saneamento de Rincão, objetivo é otimizar as potencialidades turísticas localidade.

O Plano de Ordenamento Turístico de Rincão está publicado no Boletim Oficial de 30 de dezembro do ano passado. Trata-se de um plano especial que, segundo o Vereador da Economia Local, Infraestruturas, investimentos e Obras na Câmara Municipal de Santa Catarina está em linha com o Programa Operacional do turismo apresentado na passada sexta-feira.

No entanto, Jacinto Horta reconhece que o incremento do turismo na zona piscatória de Rincão, vai exigir a melhoria do saneamento básico. O vereador revela que a Câmara Municipal já tem em marcha medidas para inverter à situação.

No quadro do Programa Operacional do Turismo estão projetados um conjunto de intervenções no município de Santa Catarina para dinamizar, elevar a qualidade da oferta turística e tornar o sector rentável para as famílias. Jacinto Horta aponta como exemplo a criação de um centro interpretativo sobre as revoltas dos camponeses.

Jacinto Horta anuncia ainda que a edilidade de Santa Catarina está em fase avançada de elaboração do seu plano municipal para o turismo. O vereador ressalva que o documento vai ajudar a alavancar o turismo na ilha de Santiago e Santa Catrina em particular.

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios