Macau afirma-se na cooperação entre os media da china e dos países de língua portuguesa

15 de setembro de 2022

A+ A-

Três séries de documentários produzidos por estações de televisão da China foram na terça-feira oferecidos às estações de televisão dos países de língua Portuguesa, numa cerimónia que decorreu em Macau.
 80 participantes, marcaram presença no evento, incluindo os responsáveis dos media de vários países de língua portuguesa, designadamente de Portugal, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Cabo Verde, bem como os delegados dos Países Lusófonos no Secretariado Permanente do Fórum de Macau.

Espera-se que todos os meios de comunicação da língua portuguesa continuem a ser promotores do intercâmbio cultural e humanístico, defensores da equidade e justiça e promotores do desenvolvimento global, de forma a darem uma maior contribuição à construção da Comunidade com Futuro Compartilhado para a Humanidade.

Nos seus discursos, os responsaveis dos meios de Comunicação Social  sublinharam que Macau desempenha o papel de ponte e plataforma importante para a promoção da cooperação prática entre a China e os Países de Língua Portuguesa em diversos domínios, e que Macau vai continuar focada no seu posicionamento de “Um Centro, Uma Plataforma e Uma Base” para desenvolver um intercâmbio e cooperação mais aprofundados com os Países Lusófonos.

Os documentários sobre a cultura chinesa abordam o chá chinês, a medicina tradicional Chinesa e o ecossistema das quatro estações do ano. 
A cerimónia terminou com um espectáculo musical de língua e cultura portuguesa.