Navio Vicente - 6 anos depois, o apoio aos familiares das vítimas

07 de janeiro de 2021

A+ A-

 

Navio Vicente naufraga ao largo do Vale dos Cavaleiros, na ilha do Fogo. Há seis anos


Em Fevereiro de 2017, o governo atribui uma pensão de 20 mil escudos mensais a cada um dos herdeiros das vítimas.

E o balanço final aponta para onze sobreviventes, catorze desaparecidos e um único cadáver resgatado.

Sobre o apoio às famílias das vítimas, no início de 2018 foi publicada a lista nominal dos herdeiros habilitados e, por lapso, ficam três de fora, situação que ainda prevalece como nos conta Arnaldo Borges em entrevista (abaixo) ao Primeiro Jornal da RCV.


Júlio Vera-Cruz Martins/RCV
Disponibilizado online/Multimédia



Artigos Relacionados