Cabo Verde vai ter passaporte sanitário a partir de maio

21 de abril de 2021

Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República, exibe o cartão de vacinação contra Covid-19
A+ A-

O passaporte sanitário de Cabo Verde vai começar a ser produzido a breve trecho e deve estar disponível na segunda quinzena de maio depois de validado pela Direção Nacional da Saúde e pela Comissão Nacional de Proteção de Dados. Uma informação confirmada pelo Presidente do Conselho de Administração do Núcleo Operacional para a Sociedade de Informação, NOSI.

Vem a propósito do Dia Mundial da Criatividade e Inovação que hoje se celebra pela quarta vez depois de instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas em abril de 2017.

Carlos Tavares Pina confirma ainda que está em vias de conclusão a Plataforma Digital para a Gestão da Tarifa Aérea Social.

NhaCard – assim se chama o passaporte sanitário em desenvolvimento por uma empresa espanhola selecionada em concurso internacional.

E acelera porque a plataforma que incorpora o passaporte sanitário vai ser possível desmaterializar, por exemplo, os cartões de vacinas que hoje são físicos.



Artigos Relacionados