O ANCV quer conhecer a situação dos arquivos no país

25 de agosto de 2021

José Maria Borges, Presidente do Arquivo Nacional de Cabo Verde
A+ A-

 


O Arquivo Nacional de Cabo Verde quer ver todos os serviços do Estado a colaborar no sentido de se conseguir uma boa gestão dos arquivos do país. Lançou hoje um questionário online sobre a situação arquivística destinado, nesta fase a todas à entidades da Administração Central do Estado.


Atualmente, os arquivos, a nível nacional, são geridos de forma inadequada, no geral, sem critérios técnico-científicos, o que causa dificuldades várias como: ineficiência administrativa na recuperação das informações, uma crescente demanda de espaços físicos com custos desnecessários ao Estado e perda de documentos.

Por isso, que o arquivo nacional quer conhecer  as entidades   produtoras de documentos  de arquivos  e criar  condições   para  que os princípios e as práticas arquivísticas  sejam implementados.

 Para o efeito directores gerais de todos os ministérios estão num encontro de apresentação e informação sobre o Questionário. Explica o Presidente do Arquivo Nacional, José Maria Borges.
Se o relatório a ser elaborado recomendar, todos os recursos necessários serão disponibilizados para garantir a devida gestão dos arquivos nos diferentes pontos do país.

Portanto, nesta fase, os diferentes serviços do Estado de Santo Antão à Brava têm até 01 de Novembro para disponibilizar através do referido questionário todas as informações nele, solicitadas.

No final será elaborado um plano de acção para recuperar e tratar os arquivos importantes no país.

 

Jornalista Joana Lopes

Disponibilizado online pela Multimédia



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados