Japão disponibiliza a Cabo Verde 253 milhões de escudos para apoiar o Programa Nacional de Telemedicina

08 de setembro de 2021

A+ A-

O Programa Nacional de Telemedicina em Cabo Verde vai passar a garantir consultas e especialidades mesmo a partir de um telemóvel. Meta anunciada pela coordenadora do programa e cuja concretização só possível com o alargamento da rede que vai ser suportado com financiamento japonês.

Melhorar o atendimento aos doentes e aumentar a cobertura no país, reforçando a rede existente com mais 21 postos de telemedicina é o objetivo do Programa Nacional de Telemedicina em Cabo Verde conforme explica a coordenadora, Vanda Azevedo.

Nos tempos em que se vive, de pandemia, a telemedicina vai melhorar a capacidade de resposta das estruturas de saúde afirma Vanda Azevedo, que ainda fala do anseio em personalizar esse serviço aos utentes, que têm tido acesso ao mesmo através do médico assistente. 

253 milhões de escudos é o montante disponibilizado a Cabo Verde pelo Japão, importância essa destinada a apoiar o Programa Nacional de Telemedicina em Cabo Verde. A cerimónia da assinatura do acordo que prevê esse apoio vai decorrer via videoconferência no Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional.  



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados