Cabo Verde regista 50 casos de suicídio por ano. Situação é mais grave em contexto de pandemia

10 de setembro de 2021

Maria da Luz Lima, Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública
A+ A-

O Instituto Nacional de Saúde Pública, em parceria com a Direção Nacional de Saúde, realizaram, na Praia, um seminário sobre "Prevenção do suicidio no contexto das emergencias em saúde pública". O objetivo é falar do tema sem estigma e sem tabú e discutir as estrategias de prevenção ao suicídio em Cabo Verde, onde em média 50 pessoas tiram a vida de foma intencional por ano.

O suicidio é a primeira causa de morte por causas externas em Cabo Verde, cerca de 50 casos por ano, de acordo com dados de 2020.

Este seminário coloca a tónica no suicidio em contexto de emergencias em saúde pública e a Covid-19 é das mais intensas e traumaticas emergências sanitárias dos ultimos 100 anos, principalmente para os profissionais de saúde que estão na linha da frente deste combate.

E vale lembra que combar e previnir o suicidio é um trabalho de todos e não deve ser feito apenas no "setembro amarelo" de cada ano. Somos todos convidados a estarmos atentos e a ser sensiveis a esta questão a todo o mumento, principalmente com aqueles que amamos e os que estão perto de nós.



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados