ONAD-CV quer ser referência no continente africano - Emanuel dos Passos

06 de outubro de 2021

Emanuel dos Passos, presidente ONAD-CV
A+ A-

A Organização Antidopagem de Cabo Verde quer ser uma referência dentro do continente africano. A aspiração é do Presidente da ONAD-CV, Emanuel dos Passos, que falava à RCV da sua participação no Fórum de Parceria da WADA, Agência Mundial Antidopagem, realizada Ontem.

Para WADA, Cabo Verde serve de exemplo para outros países africanos pelo “excelente trabalho” que vem desenvolvendo nessa matéria, disse Emanuel dos Passos

Passos foi um dos oradores do fórum, cabo Verde como caso de sucesso, sob o tema: “Desafios e Oportunidades.”

O dirigente considera que o maior desafio que a Organização Nacional Antidopagem enfrenta prende-se com a independência operacional.

O Presidente da ONAD-CV garante que apesar da parada das atividades desportivas devido a uma crise pandémica, a Organização continuou a fazer o controle antidoping mesmo utilizado os atletas sem competição.

O Fórum de Parceria da Agência Mundial Antidopagem, boletim, iria ser realizado durante 2 dias na Etiópia, mas devido à pandemia da covid-19, foi feito através de videoconferência. 



Artigos Relacionados