Governo em parceria com a ONU realiza conferencia nacional para a elaboração do PEDS II 2022-2026

11 de outubro de 2021

Olavo Correia, Vice Primeiro-ministro e Ministro das Finanças
A+ A-

Cabo Verde acolhe hoje uma Conferência Nacional, em parceria com a ONU, prepara a elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável 2022-2026, com a colaboração de vários parceiros nacionais e estrangeiros. A médio prazo, a meta é atingir o desenvolvimento sustentável, mas a prioridade imediata é a saída da crise pandémica e o retoma econômico.

Cabo Verde, como pequeno estado insular, situado no SAHEL, é um dos paises estruturalmente vulneráveis, apesar da trajetória positiva desde a independência nacional. Enquanto parceira do desenvolvimento de Cabo Verde, desde a primeira hora, uma ONU tem-se engajado em ajudar o nosso país a enfrentar os desafios preementes da redução da pobreza, das desigualdades sociais e vencer como assimetrias regionais apostando na inclusão social e enconómica, empoderamento das mulheres e atenção aos idosos. É nesta perspetiva que se enquadra a realização da primeira de 4 Conferencias Nacionais preparar para a preparação do PEDS II 2022-2026 para escolher as melhores vias e aceleradores de um desenvolvimento sustentável.

Mas para tal, sair da crise é preciso, com o Vice-Primeiro-ministro e Ministro das Finanças anunciar a aposta do país na resiliência, inclusão social, na economia digital, com reforço da economia azul e economia verde para retomar o caminho da retoma e do crescimento econômico, tendo em vista atingir como metas dos ODS 20-30. Olavo Correia vincula-se a uma parceria externa com a ONU e parceiros tradicionais do desenvolvimento de Cabo Verde e a necessidade de novos mecanismos de financiamento ao desenvolvimento, passando pela reconversão da divida externa. No plano interno, o governante frisa a escolha da via do dialogo social e laboral, a estabilidade política, consensos e compromissos de longo prazo, com a convergência de todas as ilhas, treinar os ODS.

A nivel global para se aitingir plenamente os ODS, na perspetiva do SG da ONU, mostra-se fundamental dar combate eficiente e determinado às mudanças climáticas, apostar num novo contrato social, ancorado nos direitos humanos e reforçar o multilateralismo e a eficácia da própria ONU na concretização da agenda global 20-30.



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados