“Estou muito contente com o grupo, são jogadores trabalhadores” – selecionador nacional andebol

03 de novembro de 2021

A+ A-

A seleção cabo-verdiana de andebol sénio masculina chega esta quarta-feira à Tunísia, onde vai participar num torneio internacional envolvendo quatro países, dois africanos e dois europeus.

O combinado nacional esteve a preparar-se nos últimos três dias em Vila Nova de Gaia, no Porto. A caravana deixou Portugal por volta das 04h00 locais, 05 da manhã em Cabo Verde. Faz uma escala em Paris, para depois rumar à Tunísia. É lá que durante os próximos 4 dias vai participar num torneio internacional, com as seleções da Suíça, do Montenegro e da própria Tunísia.

Antes da viagem, a RCV abordou o selecionador nacional. Ljubomir Obradovic começou por avaliar os dois dias de trabalhos que manteve com a equipa em Portugal.

“Foram apenas dois dias de trabalho, segunda e terça-feira. Correu tudo bem, trabalhámos os aspetos defensivos, ofensivos, transição de bola, vamos agora para a Tunísia participar num bom tornei” – declarou o treinador sérvio.

Do grupo de jogadores que esteve a trabalhar em Portugal, a equipa técnica nacional teria de levar apenas 14 para a Tunísia. E acabaram por viajar apenas 13. É que o lateral direito, Rafael Andrade, sofreu uma lesão e não pôde seguir com os companheiros.

Sobre aquilo que Cabo Verde pode fazer no Torneio, o selecionador espera tirar bons apontamentos. “Vamos jogar e avaliar em que pé estamos. Depois de cada jogo vamos analisar as coisas boas e aquilo que teremos de melhorar, espero uma boa resposta.”

O torneio internacional na Tunísia serve de preparação para o Campeonato Africano de Andebol, previsto para janeiro do próximo ano em Marrocos.

 

Benvindo Neves

Artigos Relacionados