PAICV é contra o Orçamento de Estado 2022

23 de novembro de 2021

A+ A-

O PAICV é contra o Orçamento de Estado para o próximo ano. Porém, está disponível apenas para negociar o aumento do teto da dívida pública interna, segundo o partido para evitar passar os custos da pandemia para o cidadão, com o agravamento dos impostos.

A proposta de Orçamento de Estado para 2022 é deplorável, considera o líder do grupo parlamentar do PAICV, João Baptista Pereira, que é claro ao dizer que o partido vai votar contra o documento por ser prejudicial aos cidadãos.

No entanto, o partido está disponível a negociar um único ponto do orçamento: o artigo que permite aumentar o teto de endividamento público interno até 5 porcento do Produto Interno Bruto. Isto porque, para aprovar este artigo, são necessários dois terços dos votos favoráveis. O Governo precisa dos votos do PAICV para fazer aprovar a intenção de poder aumentar o nível de endividamento interno.

No debate com o 1º Ministro, os deputados vão analisar a transparência do governo, que o PAICV considera opaco, ou seja, nada transparente.

Outro ponto será a alteração à lei que regula o Fundo Soberano de Garantia do Investimento privado. O PAICV é contra.

 

RTC Online, com RCV



Artigos Relacionados