Uganda desiste da fase de qualificação para Mundial 2023

24 de novembro de 2021

Uganda foi eliminado por Cabo Verde nos quartos -de-final do Afrobasket 2021
A+ A-

Está confirmado. A seleção do Uganda não vai participar na campanha de qualificação para o Mundial de Basquetebol 2023. Os ugandeses, que estão no grupo de Cabo Verde, Grupo A, desistem da competição por problemas financeiros.

A tomada de posição foi dada a conhecer esta terça-feira pela Federação Ugandesa de Basquetebol. Em nota de imprensa a que a RCV teve acesso, a FUBA, sigla daquela federação, escreve que é com "muita tristeza" que comunica essa desistência.

No documento, lê-se que a FUBA comunicou ao governo do Uganda essa decisão, através do Conselho Nacional de Desporto daquele país, explicando que não há dinheiro para suportar os custos da viagem e estadia em Angola.    

O Uganda, recorde-se, ficou em sexto lugar no Afrobasket deste ano, realizado no Ruanda. Os ugandeses foram eliminados nos quartos-de-final, precisamente por Cabo Verde.

Agora, no sorteio de grupos da fase de qualificação para o Mundial 2023, Uganda e Cabo Verde voltaram a se cruzar. As duas seleções iriam se defrontar no sábado, na segunda jornada, em Benguela.

Ora, com a desistência dos ugandeses, o Grupo A fica apenas com três seleções: Cabo Verde, Nigéria e Mali.

O combinado nacional fará, por isso, apenas duas partidas, a primeira já depois de amanhã, sexta-feira, com a Nigéria. O segundo jogo de Cabo Verde, que antes seria a terceira jornada, está marcado para domingo, diante do Mali.

 

Benvindo Neves



Artigos Relacionados