Pró Empresa aprovou mais de 10 milhões de contos em projectos e fez 15 mil atendimentos em 2021

12 de janeiro de 2022

A+ A-

Em 2021 o Instituto de Apoio e Promoção Empresarial, Pró-Empresa, fez mais de 15 mil atendimentos e aprovou projectos e programas cujo montante global aproxima-se dos 10 milhões de contos. Quem o diz é o Presidente da Pró-Empresa que considera que o resultado de 2021 é excelente e espera ter melhores resultados ainda em 2022.

Criada em 2017 para apoiar e promover as micro, pequrenas e médias empresas em 2021, a Pró-Empresa trabalhou pelo 2º ano consecutivo no contexto de pandemia mas os resultados foram excelentes, segundo afirma o Presidente Pedro Barros. Informa que no ano transacto a ProEmpresa fez 15.221 atendimentos que resultaram em 5.560 candidaturas aos programas de financiamento da assistencia técnica e pedidos de crédito e centenas de projectos aprovados. O montante total de investimentos aproxima-se dos 10 milhões de contos.

Sublinha que grande parte do credito concedido foi no ambito das linhas de crédito criadas pelo Governo para ajudar as empresas a driblarem os efeitos da pandemia, atingindo mais de 4 milhões de contos. Perto de 600 mil contos foram utilizados no financiamento de micro e pequenas empresas, sobretdo no ambito do programa fomento e do fundo lavanta, este ultimo lançado já em finais de 2021, diz.

Os programas e projectos aprovados terão resultado na criação de centenas de postos de trabalho, afirma Pedo Barros. Realça, entretanto, que o desempenho da Pró-Empresa só deve ser analisado juntamente com o desempenho da sociedade de capital de risco ProCapital, a sociedade financeira que faz a gestão de um fundo parcial de credito ProGarante, as Câmaras de Comércio, Câmaras Municipais, associações empresariais, o IEFP e outros parceiros.

Em 2022 a Pró-Empresa espera retomar a trajetória de 2019.

Artigos Relacionados