Legislação sobre branqueamento de capitais e terrorismo deve ser adequada

08 de abril de 2022

A+ A-

A legislação nacional sobre branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo deve ser adequada. A informação é confirmada pelo diretor da Unidade de Informação Financeira, na qualidade de ponto focal nacional do Grupo de Ação Intergovernamental contra a lavagem de capitais na África Ocidental - GIABA.

Em entrevista exclusiva, António Sousa esclarece que a adequação da legislação nessa matéria decorre das mais recentes recomendações do GAFI, grupo de ação intergovernamental, criado em 1989 pelos sete países mais industrializados do mundo a que Cabo Verde está indiretamente ligado pela pertença ao GIABA.

A informação vem a propósito de uma ação de formação destinada a organizações da sociedade civil, que terá lugar a partir da próxima segunda-feira, na cidade da Praia.

 

RTC Online, com RCV

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios