Presidente do BIDC promete aumentar os projetos financiados no arquipélago em Cabo Verde

11 de maio de 2022

A+ A-

Presidente do Banco Africano de Investimentos e Desenvolvimento da CEDEAO, BIDC, termina visita a Cabo Verde, com elogios à performance económica do país e com a promessa de aumentar os projectos públicos e privados financiados em Cabo Verde.

A intenção é aumentar a carteira de investimentos desse banco em Cabo Verde, co-financiar o projeto de ligação marítima entre o arquipélago e os países da CEDEAO, financiar projectos na área das energias renováveis, ajudar na criação do fundo de investimentos para a promoção de micro, pequenas e médias empresas e fazer parte do consórcio que irá financiar a construção do novo hospital da Praia.

Conta-se com o engajamento de outros parceiros para a colaborar com Cabo Verde, país que George Agyekum Donkor considera estar na boa direcção e que merece confiança devido aos bons indicadores económicos, a aposta na valorização do seu capital humano, nos seus recursos naturais.

Ontem o Presidente do BIDC encontrou-se com o setor privado na Praia para apresentar as oportunidades de financiamento, tendo se referido a um montante de 3,2 bilhões de dólares para financiar vários setores da economia oeste africana e cerca de 67% desse montante será direcionado ao setor privado.

Se os empresários tiverem projectos acima de 10 milhões de dólares, poderão contactar o banco diretamente para financiamento e, se for abaixo de 10 milhões, deverá ser através de bancos comerciais. Estamos dispostos a apoiar pequenas e médias empresas mas devido ao impacto que a Covid-19 está a priorizar projetos da áreas da agricultura, saúde e energia, mas isso não quer dizer que não possamos financiar outros projetos que ajudem a  alavancar a economia.

Olavo Correia realça que desde a eleição de George Donkor a frente do BIDC, há 2 anos, os resultados melhoraram de forma substancial  e garante que, agora, haverá mais disponibilidade  para financiar projectos. Nos próximos meses a ilha do Sal acolhe um fórum de investimento privado e o BIDC estará presente.

Durante a visita a Cabo Verde Geroge Donkor encontrou-se, também, com o Primeiro-ministro, o Presidente da República e visitou algumas instituições como a Electra e a Cermi.

A visita do Presidente do Banco de Investimento e Desenvolvimento da CEDEAO BIDC a Cabo Verde acontece dias depois da eleição do Vice Primeiro-ministro e Ministro das Finanças Olavo Correia para Presidente do Conselho de Governadores  do referido Banco. E agora que Olavo Correia preside o Conselho de Governadores do BIDC, o banco pretende atrair quadros cabo-verdianos, afirma George Donkor.


RTC Multimédia, com a TCV.

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios